ISO 9001

(19) 3935-0044

ISO 9001

(19) 3935-0044

Módulos de Supervisão: Falcohm-MT

FALCOHM-MT, em conjunto com o Resistor-Sensor, oferece as seguintes funcionalidades:

Tensão de alimentação 220VAC (para outras opções, consulte a OHMIC);

Terminais para conexão de TC (transformador de corrente) externo para a monitoração da corrente de fuga (corrente de neutro-terra através do NGR), para TC’s cujo secundário seja de até 5 amperes;

Terminal para a ligação do Resistor Sensor;

Terminal para a ligação do GND (condutor Terra);

Terminal para Reset remoto (para ligação de um contato seco entre este terminal e o terra);

Contatos auxiliares livres de potencial para até 3 amperes sinalizando:

  • 01 NA – Módulo ativo (sinaliza que o módulo está operante e monitorando continuamente o NGR);
    Número de contatos expansíveis com o uso de relés ou contator externo.
  • 01 NA – Alarme de NGR (falha no circuito de aterramento inclusive abertura do NGR);
    Número de contatos expansíveis com o uso de relés ou contator externo;
  • 01 NA – Alarme de corrente de fuga (totalmente configurável em acordo com o TC externo);
    Número de contatos expansíveis com o uso de relés ou contator externo;

Porta EIA485 para ModBus-RTU (Slave) para a leitura em rede e remotamente do status e parâmetros do módulo, assim como a ocorrência de alarmes e reset dos mesmos;

Porta Ethernet 10BaseT para a comunicação com o Supervisório OHMIC;

LED de alto brilho para a indicação visual do monitoramento contínuo do teste do circuito neutro-terra, inclusive o NGR;

LED de alto brilho para a indicação visual da ocorrência de alarmes;

Memória não volátil – sem uso de baterias – sem manutenção;

Display gráfico de 3” retro-iluminado de alta intensidade para:

  • Visualização em caracteres de 1” do valor de corrente de fuga;
  • Configuração para o limite de corrente de fuga para alarme;
  • Configuração/informação da relação do TC externo, deixando assim o módulo capaz de indicar com o auxílio do TC externo, correntes de até 4.000 amperes;
  • Programação do tempo de retardo para atuação do alarme de corrente de fuga, evitando que fugas rápidas e que se desfazem sozinhas provoquem o aparecimento do alarme (Simulando as funções ANSI 50/51N);
  • Janelas para configuração do endereço TCP/IP do módulo, permitindo assim que este faça parte de uma rede já existente, se desejado;
  • Parametrização do endereço ModBus do módulo;
  • Parametrização da velocidade da porta EIA485 do ModBus-RTU;
  • Janela para o salvamento em memória não volátil de todos os parâmetros e setagens, os quais serão automaticamente relidos após o religamento do módulo;
  • Janelas/mensagens informativas para a visualização de alarmes.

Teclado de membrana com teclas para a parametrização e operação local do módulo;

Fornecido em caixa para montagem semi-embutida para instalação em porta de painel ou outra montagem.